Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/17 às 15h21 - Atualizado em 15/08/18 às 9h48

Centros Olímpicos e Paralímpicos

O Programa Centros Olímpicos e Paralímpicos tem a finalidade de assegurar o atendimento socioeducativo por meio da prática esportiva, de ações transversais, sociorrecreativas e de lazer contribuindo, assim, para o pleno desenvolvimento humano.

 

A proposta do programa oferece, prioritariamente, às crianças e adolescentes, alternativa diferente de vida usando atividades em que os valores como cooperação, solidariedade, pensamento crítico, autoestima, propiciem enriquecimentos internos, transformando assim as expressões da sua conduta. As unidades também oferecem atividades a adultos, idosos e pessoas com deficiência.

 

O Programa é desenvolvido pela Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, sob forma de parcerias (convênios com entidades sem fins lucrativos). As atividades desenvolvidas pelo convenio são supervisionados pela Coordenação dos Centros Olímpicos, Paralímpicos e Espaços Esportivos/SUBCOP/SETUL que examina aspectos qualitativos e quantitativos, assim como seus respectivos controles. Essa abordagem possibilita uma análise global e o conhecimento das informações necessárias para ajustar o planejamento elaborado, com o objetivo de mantê-lo sempre atualizado aos interesses maiores do Programa.

 

As atividades são realizadas em três turnos (Matutino, Vespertino e Noturno) abertas ao público participante dos programas, de terça à sexta-feira, podendo funcionar das 06h45 às 21h45, e sábado das 7h às 12h, de acordo com a necessidade e interesse da Secretaria.

 

Aos finais de semana os Centros Olímpicos e Paralímpicos, disponibilizam à comunidade a sua infraestrutura como espaço de convivência e lazer, das 9 às 16 horas, para a prática de esportes com os amigos.

 

As pessoas com deficiência podem fazer modalidades regulares ou especificas definidas por meio de avaliação funcional realizada pela Coordenação de Pessoas com Deficiência – CPD, capacitada pela Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial – CETEFE, por meio de  termo de colaboração técnica com a SETUL..

 

Público alvo:

Crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência.

 

Modalidades oferecidas:

 

As modalidades oferecidas nos Centros Olímpicos e Paralímpicos podem ser visualizadas na tabela abaixo:

 

 

Requisitos:

 

Para a prática de modalidades esportivas:

Participar do processo de inscrição, de acordo com as datas e vagas oferecidas. Após o recebimento do comprovante de matrícula o aluno está apto a praticar a modalidade escolhida.

 

Para uso do Espaço de Convivência e Lazer:

Basta haver disponibilidade do espaço e dos equipamentos para uso.

 

Para participar dos Cursos de Qualificação Social:

  • Ser aluno do Centro Olímpico e Paralímpico;
  • Atender aos requisitos exigidos no descritivo do curso disponibilizado pela entidade conveniada do COP.

 

Documentos necessários:

Para a prática de modalidades esportivas:

Candidatos à vaga, na faixa etária de 4 a 17 anos:

  • Uma foto 3×4 atual;
  • Cópia da Certidão de Nascimento ou carteira de Identidade expedida por órgãos de identificação da União, Estados ou do Distrito Federal;
  • Cópia da Declaração Escolar;
  • Cópia da Carteira de Identidade expedida por órgãos de identificação da União, Estados ou do Distrito Federal e CPF do responsável legal;
  • Atestado Médico, original, para a prática Esportiva; e,
  • Cópia da Declaração de Residência.

 

Candidatos à vaga, na faixa etária a partir 18 anos

  • Uma foto 3×4 atual;
  • Cópia da Carteira de Identidade expedida por órgãos de identificação da União, Estados ou do Distrito Federal e do CPF;
  • Atestado Médico, original, para a prática Esportiva; e,
  • Cópia da Declaração de Residência.

 

Para uso do Espaço de Convivência e Lazer:

É necessária a apresentação da Certidão de Nascimento ou carteira de Identidade expedida por órgãos de identificação da União, Estados ou do Distrito Federal para menores de 16 anos;

 

Para participar dos Cursos de Qualificação Social:

Para participar dos cursos de qualificação social é necessária a apresentação de documentos que atendam aos requisitos exigidos no descritivo do curso.

 

Custos:

Não há custos. Os serviços oferecidos são totalmente gratuitos.

 

Unidades em funcionamento:

Atualmente o Programa conta com 12 (doze) Centros Olímpicos e Paralímpicos em funcionamento nas seguintes Regiões Administrativas do Distrito Federal:

 

  • Brazlândia – Bairro Vila São José, Quadra 35, AE 22
  • Ceilândia (Parque da Vaquejada) – QNP 21, P Norte
  • Ceilândia (Setor O) – QNO 9, Conjunto 1, Lote 1
  • Estrutural – Área Especial 2 – Setor Norte
  • Gama – Área Especial, Setor Central (ao lado do Estádio Bezerrão)
  • Planaltina – Área Especial, Setor Administrativo, Módulo Esportivo (ao lado do restaurante comunitário)
  • Recanto das Emas – EQ 400/600
  • Riacho Fundo I – QS 16, lote F
  • Samambaia – QS 119, Área Especial, Samambaia Sul
  • Santa Maria – Quadra Central 3, AE 4
  • São Sebastião – Quadra 2, Bairro São Bartolomeu
  • Sobradinho – Quadra 2, Setor Esportivo, Área Especial

 

Canais de atendimento:

Telefones: (61) 3226-0153 e 3223-3990 – Ramal: 2828

E-mail: gestaocops@gmail.com.

Dias e horário de atendimento ao público: De segunda à sexta-feira, das 9h às 11h e das 14h às 17h.

Endereço: SDC, Eixo Monumental, Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Ala Sul- Térreo, CEP: 70070-350 – Brasília – DF.

 

Normas:

Portaria nº 04, de 09 de julho de 2010.

Decreto nº 33.708, de 14 de junho de 2012.