Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/20 às 17h47 - Atualizado em 5/03/20 às 22h17

UFC Brasília: Rani Yahya fala da expectativa para o evento

COMPARTILHAR

Foto: Alex Alves/SEL

Dia 14 de março, o Ginásio Nilson Nelson, recebe o maior torneio de artes marciais mistas, MMA, do mundo, o UFC (Ultimate Fighting Championship). Aos poucos os atletas começam a chegar no Distrito Federal para o evento. Rani Yahya, 35 anos, é atleta da casa. Nascido no Gama, ele está na lista dos maiores lutadores do mundo. No UFC Brasília,  participará do card preliminar. O peso-galo enfrenta o peruano Enrique Barzola.

 

“O card do UFC Brasília está sensacional. Eu estou feliz de estar no card preliminar porque eu vou lutar e em seguida vou poder assistir as lutas principais. Vai ser um espetáculo. Os olhos do mundo vão se voltar para Brasília. São muitas lutas atrativas”, disse o brasiliense. Um dos principais confrontos da noite será entre os pesos leves, o norte-americano Kevin Lee e o brasileiro Charles de Oliveira, conhecido como Charles “do Bronx”.

 

Rani começou a lutar ainda criança modalidades como judô, karatê e taekwondo. Aos 11 anos de idade, ele descobriu o jiu-jitsu e começou a participar de competições da modalidade. “Eu entrei para o MMA com 18 anos de idade. Foi mais ou menos nesta época que eu já tinha como objetivo seguir a carreira de lutador profissional”, contou.

 

O lutador também participou das duas edições anteriores do UFC Brasília, em 2014 e 2016. “Lutar aqui é maravilhoso. É um sonho estar aqui com os amigos, familiares. Aqui é meu lugar favorito para lutar. Eu fico muito bem ambientado e familiarizado. E ainda tem a vantagem de dormir na minha cama. Porque quando tem uma luta importante treino nos Estados Unidos. Acabo de chegar em Brasília, onde fiquei 12 semanas treinando fora e morando em hotel”.

 

Além dos eventos do UFC, Rani também tem uma equipe de luta em Brasília, onde  dá aula de jiu-jitsu e de artes marciais mistas. “Eu já formei vários faixas-pretas aqui no Distrito Federal”, ressaltou com orgulho.

 

Brasília e o MMA

Além de Rani Yahla, mais dois brasilienses estarão no UFC Brasília: o peso-leve Renato Carneiro, o Moicano, enfrentará o bósnio-dinamarquês Damir Hadžović. Já o peso leve Francisco Trinaldo, conhecido como Massaranduba, sobe no octógono contra o canadense John Makdessi.

 

“O cenário de Brasília no MMA está cada vez mais forte. Temos grandes nomes que começaram aqui além dos três que estão no card ainda tem mais dois lutadores de Brasília que lutam UFC. A Viviane Araújo e o Vicente Luque. Eles estarão em outros eventos do UFC no mês seguinte. E cada vez mais eu vejo as portas se abrindo e crescendo. As equipes aqui estão se profissionalizando e fortalecendo”, afirmou o lutador.