Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/06/19 às 16h10 - Atualizado em 11/06/19 às 16h10

Skatista do DF sonha em participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio

COMPARTILHAR

Foto: Alex Brandão

Uma das revelações do skate nacional é do Distrito Federal e nasceu no Guará.  Lehi Leite, 30 anos, começou a fazer as primeiras manobras aos 10 anos de idade e depois de dois anos já competia com outros jovens esportistas na categoria mirim. Em 2013, aos 24 anos, Lehi foi além das competições amadoras e começou a se profissionalizar.

 

 “Minha modalidade é a street skate park que é aquela pista com vários obstáculos e as pistas internacionais são muito diferentes das pistas que tem aqui em Brasília. Por causa disso, sou obrigado a viajar bastante. Quando eu tenho que treinar para os grandes torneios vou para Goiânia, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro”, explicou o atleta.

 

Na última quinta-feira (6), de passagem por Brasília, o skatista foi recebido pelo secretário de Esporte e Lazer, Leandro Cruz. “Eu vim agradecer o apoio da Secretaria. Desde 2015 eu viajo por meio do Compete Brasília para torneios nacionais e internacionais. E esta ajuda foi fundamental para manter minha regularidade nas competições, comentou o atleta, que está treinando para a próxima competição no exterior. No dia 28 de junho, ele participa do Mystic Cup, em Praga, na República Tcheca, torneio que vai reunir os principais skatistas do mundo.

 

“Em 2015 eu viajei a primeira vez por meio do Compete Brasília. E uma das viagens mais importantes aconteceu agora em 2019, no mês de março. Foi no Campeonato Mundial de Skate, o TAMPA, realizado na Flórida, Estados Unidos. Lá estavam os melhores atletas do  mundo e eu cheguei até as finais. Terminei  o torneio em quinto lugar e foi aí que eu comecei a aparecer para o mundo do skate”, contou.

 

Na história do skate, apenas quatro skatistas brasileiros conseguiram terminar esta competição entre os cinco primeiros.  Agora, o próximo desafio do atleta é entrar para a seleção olímpica. Lehi sonha em disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e para isto ele vai  disputar o Circuito Brasileiro de Skate, que começa no segundo semestre deste ano.

 

“A meta agora é participar de competições que ranqueiam para a seleção olímpica. O ano passado eu fiz  todo o Circuito Nacional e terminei em décimo. Hoje eu quero ficar no topo do ranking nacional e garantir minha vaga na seleção olímpica”.