Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/12/19 às 18h04 - Atualizado em 6/12/19 às 11h20

SEL é premiada por atingir 100% do índice de transparência ativa

COMPARTILHAR

A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) foi novamente premiada por cumprir à lei distrital de acesso à informação.  Ela alcançou 100% do Índice de Transparência Ativa.   A cerimônia da quarta edição do  prêmio ocorreu nesta quinta-feira (5), no Palácio do Buriti, durante o  encerramento da V Semana de Integridade e Combate à Corrupção, promovida pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF). “Parabenizo a todos os órgãos pela participação no prêmio.  O cidadão brasileiro e, em particular, o brasiliense, quer e exige medidas que combatam efetivamente os desvios públicos que notoriamente afetam a administração pública e causam prejuízo ao erário”, destacou o governador em exercício Pacco  Brito, na abertura do evento.

 

Para selecionar os premiados, foram analisados  88 portais de internet  de secretarias, autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, órgãos especializados e autônomos e administrações regionais. Alcançaram 100% do Índice de Transparência Ativa 54.  Foram avaliadas informações de interesse coletivo, como endereço e formas de contatos telefônico ou eletrônico, de caracteres institucionais relacionadas a despesas, contratos, convênios, licitações e servidores. As premiações foram entregues aos ouvidores, que são os responsáveis em cada instituição pela transparência.

 

“É muito importante essa premiação porque mostra que estamos cumprindo a nossa missão de garantir ao cidadão o acesso à informação das  ações do governo e de políticas públicas de forma muito transparente”, destacou a ouvidora da SEL, Miriam França, que conquistou também a premiação na edição de 2018.

 

Para o controlador-geral do DF, Aldemario Araújo Castro,  existem três grandes vetores sobre a importância de se trabalhar a ampliação da transparência. “Quando o poder público promove a transparência tanto a ativa, quanto a passiva, ele está prestando contas ao cidadão, que é o patrão de todos que estão no serviço público. Além disso, essa atividade também aumenta o controle social e reduz o espaço para o cometimento de qualquer desvio, irregularidade ou corrupção. Quanto mais informação, mais dados e mais conhecimento do funcionamento da administração diminui o espaço para esses ilícitos”, disse.