Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/02/20 às 20h15 - Atualizado em 26/02/20 às 12h31

Secretaria de Esporte e Lazer reajusta os valores do Bolsa Atleta

COMPARTILHAR

A Portaria com os novos valores pagos aos atletas olímpicos cadastrados no Programa Bolsa Atleta do DF está prevista para ser publicada na próxima semana.  O Bolsa Atleta Olímpico conta com seis categorias de incentivo e atualmente os recursos variam de R$ 183 a R$ 3,500 mensais. Com a nova tabela os valores aumentam para R$ 354 a R$ 6,400.

 

O aumento dos valores pagos é uma pauta antiga dos atletas do DF. A medida tomada pela Secretaria de Esporte e Lazer, junto à Secretaria de Economia, está dentro das metas prioritárias do governador Ibaneis Rocha para o fortalecimento do esporte de Brasília.

 

“Essa é uma grande conquista para todos os atletas da cidade. Queremos, cada vez mais, proporcionar aos nossos esportistas garantias e condições para que cada um possa se desenvolver e realizar seus sonhos”, destaca o secretário Leandro Cruz.

 

Bolsa Atleta Paralímpico

O reajuste para a categoria paralímpica também é uma meta da SEL. Embora não haja previsão legal para o reajuste atualmente, a  Pasta enviará à Câmara Legislativa o pedido de alteração dos valores pagos.

 

O programa

O Bolsa Atleta é um programa de ajuda financeira de atletas e paratletas de alto rendimento que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. O programa garante condições mínimas para que se dediquem com tranquilidade aos treinamentos e competições: locais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paralímpicas.

 

O Bolsa Atleta é concedido pelo prazo de um ano. O valor mensal de cada bolsa  muda de acordo com a classificação dos atletas e dos níveis da modalidade, conforme a legislação vigente.

 

A orientação, coordenação e supervisão normativa da programação é executada pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do Distrito Federal.

 

Atletas – Lei Nº 2402/99

Paratletas – Lei N° 5279/13