Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/11/19 às 17h17 - Atualizado em 13/11/19 às 17h38

Remadores do DF participam do Troféu Brasil Jovens Talentos, em Porto Alegre

COMPARTILHAR

Jovens remadores de Brasília participam do dia 14 a 17 de novembro, em Porto Alegre (RS), da 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes de Jovens Talentos do Remo 2019. O torneio vai reunir mais de 200 remadores de todo país, com idade entre 13 e 18 anos, disputando 20 provas em três categorias.

 

Quatro atletas da Academia de Remo de Brasília Crossrowing representarem o Distrito Federal nesta competição: Nara Saenger, 14 anos, Lara Pizarro, 15 anos, Pedro Carvalho, 15 anos e Enrico Pizarro, 14 anos. Eles viajaram por meio do programa Compete Brasília.

 

“Este é o primeiro ano que vamos participar de uma competição nacional que a reúne a elite da modalidade com grandes clubes do Brasil como Flamengo, Grêmio União, Corinthians, etc.”, contou Pedro Pizarro, treinador da equipe.

 

A vaga para o Troféu Brasil foi conquistada por meio do Campeonato Brasiliense de Remo, em que eles ganharam todas as provas que competiram tanto em provas simples (individual) como em duplas.

 

Pedro faz dupla com Enrico na categoria Júnior B. Eles treinam duas vezes por dia. Para Pedro a modalidade exige muito foco e dedicação do atleta. “O remo é uma modalidade que exige muito do atleta. Você tem que estar bem mentalmente e fisicamente e ainda ter um bom entrosamento com a sua dupla”, destacou Pedro, que acredita que volta de Porto Alegre com um bom resultado.

 

Segundo a Confederação Brasileira de Remo, o Troféu Brasil Jovens Talentos tem como objetivo de desenvolver a base de atletas do remo em nível nacional e incentivar o aperfeiçoamento técnico de jovens remadores.

 

Sul-Americano de Parabadminton

Dois atletas do Centro Olímpico e Paralímpico de Brazlândia viajam para Guayaquil, no Equador, onde participam, entre os dias 15 e 17 de novembro do Sul-Americano de Parabadminton. José Ambrósio disputa na categoria individual e Geraldo Oliveira briga pelo título tanto em duplas quanto individual.

 

“Eu faço dupla com um jogador de São Paulo que também está indo para competição. Estamos confiantes em voltar com um bom resultado”, comentou Geraldo.

 

Este é o último torneio internacional que os atletas vão participar neste ano, e para Geraldo esta competição é ainda mais importante. Ela soma pontos no ranking para solicitar o programa Bolsa Atleta.

 

“Esta competição vale pontos que pode nos ajudar a pedir o Bolsa e também é muito válida para termos a experiência de competir com bons jogadores sul-americanos. Este ano, o parabadminton entrou para o calendário dos Jogos Paran-Americanos e é bom sabermos como estamos diante dos atletas dos outros países”, destacou o atleta.