Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/06/19 às 11h31 - Atualizado em 17/06/19 às 11h53

Professores dos COPs participam de clínica de voleibol com integrantes da CBV  

COMPARTILHAR

Cerca de 50 profissionais de Educação Física dos Centros Olímpicos e Paralímpicos e da Secretaria de Educação do Distrito Federal participaram, neste fim de semana, do Curso Especial de Atualização de Professores de Vôlei. “Esta é uma clínica para os professores do Distrito Federal. Isto porque vai acontecer em Brasília mais uma fase importante da Liga das Nações. E o Secretaria de Esporte e Lazer vai receber esta competição no Ginásio Nilson Nelson. Em contrapartida, a gente vai passar nosso conhecimento para ajudar no desenvolvimento do voleibol local, proporcionando aos professores da rede pública de ensino um conhecimento mais lapidado da modalidade”, esclareceu Carlos Rios, presidente da Comissão Nacional de Treinadores (CONAT).

 

Durante 10 horas, os professores do DF tiveram aulas práticas e teóricas sobre a modalidade com cinco profissionais da Confederação Brasileira de Vôlei e ainda participaram de atividades que visavam o incentivo do esporte entre os alunos. Marcelo de Castro Teixeira é professor da CBV e, para ele, a melhor maneira de fazer as crianças praticarem esporte é proporcionando atividades em que elas se divirtam.

 

“Eu estudo e dou aulas de voleibol há quase 30 anos. E um dos motivos em que os alunos param de treinar é a falta de motivação. Numa aula de Educação Física, o aluno tem que participar o tempo todo. O aluno tem que tocar num objeto como uma bola ou uma peteca. Assim ele vai se desenvolver tecnicamente e taticamente e também vai se sentir motivado e participativo. Assim, ele vai progredindo no esporte e ainda vai se divertir.  A principal necessidade do aluno que está iniciando uma atividade física é a diversão. E numa aula como essa você consegue aliar a diversão com os objetivos técnicos, táticos e a inteligência do jogo”,  explicou o professor.

 

Gerssyka Souza Silva dá aula de vôlei para adultos no período noturno no Centro Olímpico e Paralímpico do Gama. Ela aprovou a experiência que adquiriu com os profissionais da CBV. “Foi um fim de semana muito bom. No primeiro dia nós aprendemos técnicas que eu não tinha conhecimento e agora vai ser possível aplicar com os alunos esses ensinamentos novos”.

 

Para a professora Yara Rocha Silva, também do COP do Gama, o relacionamento com outros profissionais vai ajudar no seu dia a dia. “Eu adorei o curso, e todas as atividades que eles passaram eu já fiquei imaginando passar para meus alunos. É muito importante ver a visão destes professores de vôlei . Eles têm uma experiência muito mais ampla que a minha em relação à modalidade. Se tiver outros cursos, eu quero participar”, concluiu a professora.

 

 O Curso Especial de Atualização de Professores de Vôlei é uma contrapartida da CBV à realização da etapa feminina da Liga das Nações, no mês de maio, no Ginásio Nilson Nelson. E entre os dias 28 e 30 de junho,  será a vez da Seleção Masculina participar de mais uma etapa da Liga das Nações em Brasília. A equipe brasileira vai enfrentar as seleções da França, Canadá e Itália, também no Ginásio Nilson Nelson.