Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/08/19 às 16h11 - Atualizado em 29/08/19 às 16h11

Delegação de Karatê do DF participa do Pan-Americano de base

COMPARTILHAR

Os atletas, que viajaram pelo Compete Brasília,  brigam por vaga no Mundial no Chile

 

Divulgação/SEL

Cinco atletas do Distrito Federal vão participar do dia 29 de agosto a dia 1º de setembro do Pan-Americano de Karatê, categoria de Base, em Guayaqui,l no Equador. Lucas Hardy, Gabriel Hardy e Larissa Lopes, já têm experiência em competições internacionais e neste campeonato brigam por uma vaga no Mundial Sub-21, que será disputado em outubro no Chile.

 

“A Larissa, o Lucas e o Gabriel, além de medalhas, disputam uma vaga para o mundial. O Lucas e o Gabriel são os primeiros no ranking. A  Larissa está tentando chegar e  tem muita chance de conseguir”, comentou o treinador da equipe, Filipe Hardy.

 

A carateca Larissa, 15 anos,  está confiante com esse desafio. E acredita que vai conseguir atingir o objetivo. “Eu acredito muito que vou voltar com uma medalha para Brasília. Estou treinando muito. Sei que tenho potencial para ficar entre as três da minha categoria”, ressaltou ela.

 

Lucas,  17 anos, comemora mais uma viagem que disputará por meio do Compete Brasília. O programa tem sido fundamental para a sua boa colocação no ranking. “Consegui a vaga para o Pan-Americano porque fui o terceiro colocado no sul-americano, realizado em abril em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Fui com passagens do Compete. E só de subir no pódio você já se classificava automaticamente”, disse acrescentando que o programa tem sido fundamental para ajudá-lo a participar das competições.

 

O mais experiente da turma é Gabriel, de 18 anos. Só este ano ele participou do Sul-Americano na Bolívia e da segunda etapa do K1 – Karate 1 Premier League, na Turquia. E mesmo com a agenda lotada de competições internacionais, ele considera o Pan-Americano o torneio mais importante do ano. “Este ano participei de várias competições, mas este Pan-Americano é ainda mais importante porque vai me dar vaga para o mundial.  Sou o primeiro do ranking na minha categoria. Se eu conseguir manter isso me classifico para o mundial”, contou.

 

Completa a equipe de caratecas dois novatos em torneios internacionais. Hemilly Moreira e Gabriel Santana.  Hemilly, 12 anos,  participa da categoria kata, que é a apresentação dos movimentos do karatê sem nenhum contato físico. “O kata é uma demonstração do karatê. É como se fosse uma ginástica artística”, disse.  A garota começou no esporte aos 8 anos de idade.

 

Quem também vai estrear em tatames internacionais é o Gabriel Santana, 14 anos. Ele conseguiu a classificação na etapa do Brasileiro realizada em Pernambuco, viagem que  fez por meio do Compete Brasília. “Já viajei pelo Compete outras vezes. Esta é minha primeira competição internacional. Quase certeza que volto com medalha”, destacou.

 

A delegação brasiliense terá mais três integrantes da comissão técnica. Um deles é  treinador Filipe Hardy.  “A gente tem trabalhado bastante. Acredito que teremos bons resultados lá. Todos estão muito bem preparados. A Hemilly e o Gabriel vão estrear em torneios internacionais já com muito potencial para o pódio. Desta vez a gente está indo com uma equipe grande e isso é bom que um ajuda o outro. Um apoia o outro”, finalizou o treinador.