Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/18 às 16h57 - Atualizado em 10/12/18 às 17h01

Centros Olímpicos e Paralímpicos participam de Paralimpíadas Escolares 2018

COMPARTILHAR

As Paralimpíadas Escolares 2018 terminaram neste fim de semana sendo mais uma importante conquista para a delegação brasiliense, formada por 68 pessoas, com o terceiro lugar geral pelo segundo ano consecutivo. Os atletas da capital federal somaram 54 medalhas – 21 ouros, 19 pratas e 14 bronzes – e totalizaram 324 pontos.

 

Dos competidores do DF, 15 também representaram seis Centros Olímpicos e Paralímpicos e obtiveram 29 pódios. Destaque para as unidades do Gama e de Ceilândia (Parque da Vaquejada), que levaram, respectivamente, sete e 16 medalhas. O primeiro centro subiu ao lugar mais alto do pódio três vezes com Hiago de Sousa (atletismo – arremesso de peso, 75m e 250m), uma com Débora Lorrane (bocha – BC4) e duas com Lucas Nicollas (natação – 100m e 400m borboleta), que ainda garantiu três pratas (100m peito, 100m livre e 200 medley).

 

Os atletas do Parque da Vaquejada também conseguiram alcançar melhores marcas em atletismo e natação. Na primeira modalidade, Vinicius dos Santos Coutinho e Suzany Matos Cordeiro voltaram para casa cada um, com medalhas das três primeiras posições. Ouro, respectivamente, em 400m e 1000m; prata em 100m e 250m; e bronze em salto em distância. Já Henrique Alexandre de Almeida Silva levou três ouros nas provas de 1500m, 400m e salto em distância.

 

Mesma marca atingida por Edney Alves Vasconcelos na natação, nas competições de 25m borboleta, 25m costas e 25m peito. Nathalya Guedes Mota foi a que garantiu o maior número de medalhas: um segundo lugar no 100m medley e três terceiro lugar nos 50m livre, 50m costas e 50m peito. Brazlândia e Setor O também pontuaram com Kemmilly Gabrielle Gomes, que levou o bronze em 75m corrida, 275m corrida e arremesso de peso, e Igor Tavernard Trindade Makita Borobskin com o primeiro lugar na natação.

 

Alunos das unidades de Planaltina e Riacho Fundo também marcaram presença no evento em natação e bocha. A delegação de Brasília esteve no pódio em todas as modalidades que disputou. O basquete em cadeira de rodas (medalha de ouro) e o futebol de 7 (vice-campeão) foram os destaques de pontuação nas modalidades por equipe.

 

A vencedora da disputa foi o grupo de São Paulo (1.094 pontos e 153 medalhas), seguida por Santa Catarina (444 pontos e 94 medalhas). No total, 989 atletas, de 23 estados e do Distrito Federal, competiram na 12ª edição das Paralimpíadas Escolares, de 19 a 24 de novembro, em onze modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

 

Veja o desempenho dos alunos das unidades esportivas

 

Centro Olímpico e Paralímpico de Brazlândia

Atletismo – classe T37 (paralisia cerebral) – Kemmilly Gabrielle Gomes de Alcântara.

BRONZE – Arremesso de peso

BRONZE – 75m de corrida

BRONZE – 275m de corrida

 

Centro Olímpico e Paralímpico de Ceilândia (Parque da Vaquejada)

Atletismo – classe T46 (amputados ou deficiências nos membros superiores ou inferiores) – Vinícius dos Santos Coutinho

OURO – 400 metros

PRATA – 100 metros livre

BRONZE – Salto em distância

 

Atletismo – classe F20/T20 (com deficiência intelectual) – Suzany Matos Cordeiro

OURO – 1000 metros

PRATA – 250 metros

BRONZE – Salto em distância

 

Atletismo – classe F13/T13 (com deficiência visual) – Henrique Alexandre de Almeida Silva

OURO – 1500 metros

OURO – 400 metros

OURO – Salto em distância

 

Natação – classe S9/SB9/SM9 (com limitações físico-motoras) – Nathalya Guedes Mota

PRATA – 100 metros medley

BRONZE – 50 metros costas

BRONZE – 50 metros peito

BRONZE – 50 metros livre

 

Natação – classe S10/SB10 (com limitações físico-motoras) – Edney Alves Vasconcelos

OURO – 25 metros borboleta

OURO – 25 metros costas

OURO – 25 metros peito

 

Centro Olímpico e Paralímpico de Ceilândia (Setor O)

Bocha – (com opção de auxílio) – Igor Tavernard Trindade Makita Borobskin (PRATA)

 

Natação – classe S14 (com deficiência intelectual) – Matheus Luis Bezerra dos Santos (8º LUGAR)

 

Bocha  – Isabela campos da Silveira

 

Bocha – Gabriela Vieira de Sousa

 

Centro Olímpico e Paralímpico do Gama

Bocha – classe BC4 (Outras deficiências severas, mas sem recebimento de assistência) – Debora Lorrane da Silva Correia (OURO)

 

Atletismo – classe T54 (competidores em cadeira de rodas) – Hiago de Jesus Luciano de Sousa

OURO – Arremesso de peso

OURO – 75 metros

OURO – 250 metros

 

Natação – classe S13 (com deficiência visual) – Lucas Nicollas Souza Barros

OURO – 100 metros borboleta

PRATA – 100 metros livre

PRATA – 100 metros peito

OURO – 400 metros borboleta

PRATA – 200 metros medley

 

Centro Olímpico e Paralímpico de Planaltina

Bocha – classe BC3 (opção de auxílio de ajudante) – Igor Diolindo da Silva (7º lugar).

 

Centro Olímpico e Paralímpico de Riacho Fundo I

Bocha – classe BC-1 (opção de auxílio) – Antônia Vitória Rodrigues de Souza (4º lugar)