Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/08/19 às 12h35 - Atualizado em 9/08/19 às 12h42

Candangos disputam  2ª Etapa do Circuito Loterias Caixa de Atletismo

COMPARTILHAR

Marcos Rocha, João Pedro e Carlos Vieira/Divulgação 

Neste fim de semana, 10 e 11 de agosto, será realizada a segunda etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro participam da competição 280 atletas de 20 estados e do Distrito Federal.

 

A delegação candanga, que viajou por meio do Compete Brasília, é formada por 12 atletas e mais os acompanhantes. E nesta etapa, os atletas do DF, vão ter a oportunidade de competirem com atletas que são referências na modalidade e com vários títulos em mundiais e paralimpíadas como o paraibano Petrúcio Ferreira e o paranaense Vinícius Rodrigues.

 

Entre os atletas que vão pelo Compete, tem  uma turma que treina diariamente no Centro Olímpico e Paralímpico de São Sebastião: Marcos Rocha Marques, Carlos Junior Batista Vieira e João Pedro Gabino da Silva. O mais experiente deles é o Marcos, a especialidade no 1500m que vai aproveitar a competição para melhorar a marca. “Na primeira fase eu fui bem, mas não consegui ter o resultado que eu queria. Agora eu treinei mais e quero melhorar o índice para esta prova”, contou.

 

Já no Centro Olímpico e Paralímpico do Parque da Vaquejada, Suzany Matos Cordeiro, 16 anos, compete nas provas de 1500m e 800m; Vinicius dos Santos Coutinho, 16m, 400m; Henrique Alexandre de Almeida, 1.500m; e Wantergueide Lopes Silva,   800m e 1.500m. Todos querem melhorar o tempo, alcançar o pódio e acumular experiências em uma competição nacional.

 

Confira a lista os atletas que viajaram pelo Compete Brasília para o Circuito:

 

Marcos Rocha Marques

Carlos Junior Batista

João Pedro Gabino da Silva

Paulo Flaviano Pereira

Suzany Matos Cordeiro

Vinicius dos Santos Coutinho

Enrique Alexandre de Almeida

Wantergueide Lopes Silva

Daniel da Cruz Freire

Robson Zeferino Lima Ferreira

Aniceto Antonio dos Santos

Bartolomeu da Silva Chaves

 

VEJA QUEM MAIS VIAJA PELO COMPETE NESTE FIM DE SEMANA

 

Taekwondo

O Campeonato Mundial Cadete de Taekwondo, para adolescentes de 12 a 14 anos, acontece até 10 de agosto, no Uzbequistão. Participam pelo Compete Brasília, Eduardo Arcanjo, na categoria até 37 kg; Lis Danielle Gonçalves, até 41 kg; e Guilherme Araújo,  até 41 kg. O técnico Miguel Gonçalves, pai da Liz, é o responsável pelo trio. “Queremos medalhar sempre, subir ao pódio. Mas as competições servem também para conhecermos novas culturas”, avaliaram.

 

A turma treina na Associação Esportiva e Cultural Suricates, no Ginásio do Cruzeiro, que tem como o seu mestre fundador, Inácio Evangelista. Ele deu início aos trabalhos no local há 16 anos com o taekwondo. “O Compete Brasília faz com que os atletas de Brasília tenham oportunidades no esporte. Nós conseguimos, pela segunda vez, levar atletas para esse Mundial. Que dá uma grande visibilidade. E só nós da Associação conseguimos incluir representantes do DF”, destacou Gonçalves.

 

 

Divulgação/SEL

Canoa havaiana

Vanessa Soares partiu em busca de pódio no Mundial de Canoa Havaiana. Até 16 de agosto, ela disputa a maratona por equipe V6 na Austrália. As seis competidoras brasileiras, melhores ranqueadas do país, vão percorrer um percurso de 24 km. Cada atleta mora em um estado diferente, o que dificulta ainda mais a rotina de treinamentos. Vanessa utiliza o Lago Paranoá e já alcançou grandes resultados.

Hoje ela é a campeã brasileira 2019 e a campeã sul-americana 2018, na categoria individual. Há seis anos, ela pratica várias modalidades, tais como natação e atletismo. “Participei de uma expedição e me apaixonei pela canoa havaiana. Depois que tive um filho, tive que me focar apenas na canoa. Se não fosse o Compete, não teria como ir ao Mundial do Taiti, por exemplo, que serviu de experiência na modalidade”, ressalta.

 

Divulgação/SEL

Floripa Internacional Open

O lutador de jiu-jitsu Evandro Brandão viaja neste fim de semana para Florianópolis para participar do Floripa Internacional Open. “Este campeonato é dividido em dois tipos de disputas. Uma com quimono e outra sem quimono e eu já ganhei das outras vezes. Duas vezes sem quimono nos anos de 2016 e 2017 e uma vez com quimono esta vez foi em 2017”, disse o lutador morador do Guará.

“O que muda este ano é que nos anos anteriores eu competi de faixa marrom e agora eu vou de faixa preta e este nível é mais difícil, mas eu treinei muito para voltar com uma medalha”, contou.

 

Team Global Jr. Tennis Tour

Divulgação

Pedro Henrique Chabalgoity,  acompanhado pelo pai e técnico Carlos Chabalgoity, viaja para os Estados Unidos para o Team Global Jr. Tennis Tour, circuito internacional infanto-juvenil, que ocorre entre os dias 12 e 19 de agosto.

Esta não será a primeira vez que o jovem Pedro participa de torneio internacional. Será a quinta competição internacional do tenista. “Este é o quinto torneio internacional dele. Apesar de jovem ele compete desde os oito anos de idade. Das outras vezes fomos para os EUA e Espanha e ele saiu das competições com título”, contou Carlos Chabalgoity.

 

 

Tênis de Mesa

Cibele da Silva Pereira vai para Maringá (PR), para a Copa Brasil Sul e Sudeste de Tênis de Mesa, que vai de 8 a 11 de agosto. “Quero conseguir o pódio e entrar para a seleção paralímpica. Não na edição de Tóquio, mas na próxima, quero estar, com certeza”, diz.

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria do Esporte e Lazer do Distrito Federal