Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/08/19 às 15h13 - Atualizado em 21/08/19 às 11h01

Atletas do COP de Brazlândia participam do Mundial de Parabadminton

COMPARTILHAR

Geraldo Oliveira  e Marcelo Conceição  são os representantes do DF na Suíça. Eles tentam vaga para Tóquio

 

A Seleção Brasileira de Parabadminton  está na Suíça para a disputa de uma das competições mais importantes da modalidade, o Campeonato Mundial de Parabadminton (Suiça Internacional Total bwf Word Para-badminton Championships), que ocorre de 20 a 25 de agosto. O evento vale pontos que podem garantir uma vaga nos  Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.  Do Distrito Federal, dois atletas do Centro Olímpico e Paralímpico de Brazlândia,  estão  nessa briga.

 

Um é  Geraldo Oliveira, que começou a praticar ao parabadminton como forma de reabilitação aos 26 anos de idade, após um acidente em que perdeu o movimento de um dos braços.  Já é o terceiro mundial que ele  participa. Mas neste ano, Geraldo tem como  objetivo conseguir pontos no ranking  geral para obter  a tão sonhada vaga nos Jogos Paralímpicos. “Meu objetivo é participar de uma Paralimpíada e estou muito focado nisto. É um sonho que ainda não consegui realizar”, comentou o atleta que viajou por meio do programa Compete Brasília, da Secretaria de Esporte e Lazer. Acompanha o Geraldo, a treinadora Cláudia Carvalho Mendes. 

 

O outro atleta é Marcelo Marcelo Alves Conceição, que  passou a última semana em concentração no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. De lá  foi direto para a Suíça. Após o mundial, ele ainda vai para Lima, no Peru, onde participará dos Jogos Parapan-Americanos de Lima.  As partidas de parabadminton, na capital peruana, começam no dia 29 de agosto. Mais dois atletas de DF  também vão  estrear na competição: Danielle Torres e Rômulo Soares.

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria do Esporte e Lazer do Distrito Federal