Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/19 às 16h33 - Atualizado em 9/07/19 às 17h27

Ginastas conquistam o pódio em competições internacionais

COMPARTILHAR

Atletas que viajaram, neste fim de semana, pelo programa Compete Brasília, da Secretaria de Esporte e Lazer, voltaram para a capital federal com bons resultados. Duas modalidades conquistaram o pódio em torneios internacionais. Uma foi na ginástica acrobática, que trouxe do País de Gales, duas medalhas de ouro. A outra foi a vela adaptada que deu ao Brasil o bronze na Espanha.

No Moelwyn International Acrobatic Gymnastics, que ocorreu no País de Gales, os cinco atletas brasilienses alcançaram a maior colocação do pódio. O trio feminino, na categoria Youth, formado por Paloma Vaz Dias, Maria Eugênia Ribeiro e Keity Kathllen de Almeida e a dupla mista 13-19 anos Valentina Soares e Abel Gomes se sagraram campeões. Ambas as formações estrearam em torneios no exterior.

 

A velejadora Ana Paula Marques conquistou o terceiro lugar no Campeonato Mundial de Vela Adaptada, na categoria Hansa 303, em Cádis, na Espanha. Ela acumula conquistas nesse campeonato: ficou em terceiro na Holanda (2016), em segundo na Alemanha (2017), e em primeiro nos Estados Unidos (2018). A esportista, que lidera o ranking mundial de sua classe e se mantém em terceiro no ranking nacional, deve atuar, ainda neste ano, em torneios no Distrito Federal.

 

Velejadora há cinco anos, Ana Paula divide a rotina de treinamento, de três vezes por semana, com a paixão por outra modalidade – o halterofilismo. Ela iniciou na modalidade há cerca de três anos com o propósito de ganhar mais condicionamento físico para atuar melhor na vela. Hoje, Ana Paula é a terceira melhor no ranking brasileiro. “Antes eu era mais da vela, agora gosto dos dois”, compara.

 

Paracanoagem

A delegação do Distrito Federal de paracanoagem fez bonito em São Paulo, onde participou de três campeonatos. Com 22 medalhas, sendo oito pratas e 14 bronzes, Brasília firmou campeã da segunda etapa da Copa Brasil de Canoagem Velocidade, na categoria por equipe. A turma está invicta há mais de dois anos e se destaca com forte candidata ao título do Brasileiro da modalidade, que será disputado em Brasília.

 

Ainda em São Paulo, dois representantes brasilienses integraram também a delegação brasileira da modalidade no Panamericano e no Sul-americano. O Brasil conquistou a medalha de ouro em ambos os campeonatos. Nas provas individuais do Panamericano, Kássia Gomes de Sá levou duas pratas na Canoa VL2 200 metros e na Canoa VL2 500 metros; e dois bronzes no Caiaque KL1 200 metros e no Caiaque KL1 500 metros.

 

Já Uilian Ferreira Mendes, na mesma competição, ficou com o quarto lugar no Caiaque KL2 200 metros e o terceiro lugar no Caiaque KL2 500 metros. No Sul-americano, ele conseguiu duas terceiras posições – no Caiaque KL2 500 metros e no Caiaque KL2 200 metros. As disputas ocorreram na Raia Olímpica da USP com mais de 80 atletas das Américas.

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal